O FAROL E O OCEANO

Todos nós queremos viver bem conosco e com os outros, não é? Texto: Lena Mouzinho Para que possamos contribuir com uma convivência com mais confiança e prazer, urge assumirmos responsabilidade por nós mesmos, pela satisfação de nossas necessidades, por nossas escolhas e caminhos e pela gestão de nossos estados de humor e emoções. Nossas emoções…

Muito mais que uma festa religiosa.

Em Belém do Pará, Outubro inteiro é tempo de Círio de Nazaré! Respira em tudo!!!! Significa muito mais que uma festa religiosa. É a celebração da dimensão Feminina que há em Tudo e em Todos e Todas.   Gerar, Acolher, Criar, Nutrir, Proteger, Cooperar!  Enfim, Amar! A Terra, nossa amorosa Nave, é isto em síntese!!!  Uma Grande…

Dançamos pela pacificação entre povos e nações!

Dançamos juntos! Em muitos Círculos de Dança espalhados pela Terra! Pela Paz em nós! Por nossa pacificação com os outros! Pela pacificação entre povos e nações! Este vídeo foi solicitado pela ONU (Organização das Nações Unidas) para Gwyn Peterdi – focalizadora de danças circulares dos USA. Eles queriam um vídeo com rodas de dança de…

COMO ANDA MINHA RESPONSABILIDADE

Temos nos impactado frequentemente com informações diversas sobre expressões de violência humana, contra a vida e contra a integridade dos seres em nosso Planeta. Texto de Lena Mouzinho A primeira impressão ante os choques é de que nunca vivemos dias piores. Não nos damos conta do como isso vem acontecendo ao longo do tempo, de forma cruel…

AMAR: DESTINO HUMANO.

Texto de Lena Mouzinho – Conviver com tudo e com todos, realizar conexões, tecer integração, em síntese, aprender a amar, esse é o nosso destino. Entenda-se amar, não no sentido idealizado da harmonia entre os seres, mas, na concepção que o biólogo chileno Humberto Maturana aponta em sua Biologia do Amor: “Amar é fenômeno biológico”… “a…

PARA QUE DANÇAR NA RODA?

PRATICANDO A DANÇA CIRCULAR FOMOS DESCOBRINDO EM NÓS O PODER DE UM RECURSO PROFUNDAMENTE EDUCATIVO E TERAPÊUTICO. Quando dançamos em roda as danças tradicionais de povos distantes geográfica e temporalmente, nos conectamos com eles e com o significado de seus rituais e celebrações, configurando-nos como parte da infinita Teia Viva. Quando dançamos nossas sonoridades, integramo-nos…

12 Sinais de um possível despertar de consciência

Texto:Jiddu Krisnhamurti 1 – Uma tendência crescente de deixar as coisas acontecerem ao invés de tentar controlá-las; 2 – Ataques freqüentes de alegria, sorrisos sem explicação e explosões de risos a qualquer momento; 3 – Sensações de estar intimamente conectado aos outros e à natureza; 4 – Episódios freqüentes de apreciação e admiração das coisas…

Por que escolhemos as Danças Circulares para nossas celebrações?

Nossos antepassados tupi-guaranis chamavam Ocara a praça central de sua aldeia. Esse era o local do encontro. Um espaço onde cabia a dignidade de todas as pessoas. O lugar onde se realizavam os rituais de integração da comunidade, onde viviam momentos de decisão e celebravam seus momentos importantes. Sim! Houve um tempo em que, para…