Transitando de 2017 para 2018…

2018

Necessitamos demarcar o tempo, desde sempre, para nos orientar na reorganização contínua da relação conosco e com o Todo no qual estamos vinculados.

Nossos calendários, com esse fim, são construções à partir da observação dos ciclos da Natureza.

A passagem de um ano para outro é um ritual de abertura e fechamento de ciclo, com forte poder simbólico, pois compartilhado por um imenso coletivo humano na Terra.

Num momento que sugere possibilidades de mudança e de novas decisões, pessoas de diferentes povos, se mobilizam introspectivamente, como que numa espécie de “mutirão” mental de intenções.

Um diálogo interno acontece…”certezas” são momentaneamente substituídas por questões reflexivas…

O que foi bom no ano que passou?
O que foi desafiador?
O que precisa ser transformado?
O que precisa ser feito diferente em 2018?
Como?
O que precisa ser continuado?

Há quem mergulhe mais profundamente:

Que necessidades minhas precisam ser cuidadas?
O que preciso fazer que signifique pra mim que estou responsável por cuidar delas?
Qual meu propósito neste mundo junto com os outros?
Estou me movimentando coerentemente com esse propósito?
Como preciso agir a partir de agora para realizar meu propósito?

Tal propósito vai revelando-se quando identificamos pela auto-observação, nossos sonhos, vocações, dons e talentos, caminhos que nos emocionam deliciosa e curiosamente.
Caminhos ditados por um coração entusiasmado.

Descobrir nosso propósito traz-nos sentido para a vida. Faz-nos desabrochar e cooperar felizes com dádivas, para que reine a Vida no mundo.

Essa investigação profunda em nosso “bosque interior” tem respostas ainda mais enriquecidas, quando resultantes também do diálogo com nossos pares, no casal, em nossos grupos familiares, no trabalho…

Qual o propósito de nossa relação?
O que precisamos nutrir em nós para sermos um bom par, uma boa companhia para nós e para o outro?
Como?
Quando?
O que tenho disponibilidade para ofertar?
Do que preciso como apoio?
O que fazer para reparar feridas?

Não é à toa que o ritual da virada de ano chamado Reveillon é uma celebração quase sempre coletiva, que possibilita encontro e reencontro.

A palavra Réveillon tem origem no verbo frânces Réveiller, que significa “acordar” ou “reanimar”. Nos remete ao sentido de vigília, estar acordado, desperto, alerta, atento durante a transição.

Tempos atrás começou com uma reunião, na qual a comunidade compartilhava uma leve ceia, para se manter desperta na passagem de um ano para outro.

Bem simbólico!

A atenção é a única capaz de nos proteger do nosso funcionamento padrão, automático, do “nem me dei conta”, das compulsões às quais nos escravizamos. A atenção possibilita o exercício de outras formas de estar e de nos transformar, com consciência.

Será que podemos identificar qual o sentido que existe na forma que temos escolhido para “virar” o ano?

img_3079

Neste momento, nós do OCARA, estamos reafirmando nosso propósito para 2018.

Necessitamos continuar desenvolvendo nossa capacidade para construir parcerias, aprendendo a nos conectar conosco, com os outros e com tudo o que pulsa vivo.

O sonho que nos impulsiona?

Sentir o corpo comunitário vivo, animado, vibrando forte, com puro diálogo correndo em suas veias, dando conta da busca ativa das soluções para nossos problemas coletivos e contruindo circunstâncias favoráveis para a felicidade de todos e de todas.

Nossa alegria?
Estamos tão bem acompanhados nesta “estrada”!!!
Juntos com muitos e muitas, movidas por propósitos que se assemelham e que sonham os mesmos sonhos!
Celebramos nossos amorosos pares!

Gratidão e Fé são as palavras que sintetizam o colorido de nossas mais belas emoções neste momento!

(Lena Mouzinho)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s